terça-feira, junho 15, 2010

Capitalismo, uma história de amor

3 comentários:

Heloise disse...

Beth, não sei se você viu o filme todo. Vale a pena!
Beijos.

Elizabeth disse...

Ainda não, mas gosto demais do Moore, engraçado que dizem que ele é manipulador, interessante né? E os outros todos , são o que?

Tania Mendes disse...

Os outros, ora, os outros serão sempre os outros. Adoro o Moore, não importa o que esteja por trás ou pela frente disso, é muito bom!