quinta-feira, maio 27, 2010

Mercearia Paraopeba, Itabirito (MG),Brasil

Que saudade, que saudade, que saudade das Minas Gerais. Ainda existem mercearias lá. E que vendem sementes de jatobá, diz o moço, muita gente não sabe o que é.Eu sei, desde criança, e tenho uma aqui na minha mesa. Semente enormee. Era bom comer o pozinho que tem dentro.

E lá ainda existe gente assim, com esse doce sotaque.

5 comentários:

Lingua de Trapo disse...

Tenho saudades também, meu cunhado é desta terra, já me falou muito sobre esta mercearia mas, como vivo em Fortaleza, ainda não pude conhecê-la.

Elizabeth disse...

Essa eu não conheço também, mas é muito parecida com tantas outras dos fundões deste país. Alguma coisa ainda está fora da ordem, graças a Deus.

Marcelo Palma disse...

Excelente matéria, que trata de pessoas reais, simples, honestas, "trabalhadeiras" e que vêem no trabalho uma opção de vida.

Sou de Salvador/BA e ainda encontro no interior da Bahia, exemplos como esse, que nos remetem ao que somos, às nossas origens, resgatando os verdadeiros valores, aqueles que realmente importam.

Parabéns pela matéria, que vi no site "Óleo do Diabo", o qual me remeteu ao seu site!

Abraços!

Marcelo Palma

mpalmaassis disse...

Desculpe, uma correção: O site em que vi a matéria foi o "Língua de Trapo".

Anônimo disse...

Absolutely with you it agree. In it something is also to me it seems it is excellent thought. Completely with you I will agree.