quarta-feira, janeiro 20, 2010

Dia de São Sebastião do Rio de Janeiro

Trecho do texto de Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, cidadão carioca, na contracapa de Urubu.

"Dia velho, as asas aquecidas, o Jereba mergulha na piscina. Pé de serra, fim de baixada onde começa a ladeira e os contrafortes azulam na distância, o Jereba sobe na chaminé do dia. Urubupeba. As rêmiges das asas púmbleas, prata velha fosca, dedos de mão apalpando o vento, adivinhado tendências. Urubu Mestre. As grandes asas expandidas cavalgam as bolhas de ar quente emergentes da ravina. Tolo papagaio, tola pipa boiando no ar, não-querente, não desejo navegante, à deriva, à bubuia - pois sim! - preguiçoso atento dormindo na perna do vento. Esse sabe o que há de vir. Aquário do céu.
Teu canto imita o vento. Hisss... As asas agora curtas, sobraçando trilhos de ar, pacote negro compacto, bico cravado no vento, velocidade feita letal, muro de azul aço abstrato - e adeus viola que o mundo é meu.
Nas lentes dos olhos, a águia oculta y entrabas e salias por las cordilleras sin pasaporte. Urubu procurador. Urubu Achador. Que sabes do alto o que se esconde no chão da mata virgem e dos muitos perfumes que sobem do mundo.
Eterno vigia de um tempo imperecível. Guardião de dois absurdos.
Nos vetustos paredões de pedra, esculpidos pela millennia, dorme de perfil um urubu.
A vida era por um momento.
Não era dada. Era emprestada.
Tudo é testamento".



And by the way, suppose I give you this rose and you give me a kiss

4 comentários:

Victor disse...

Maravilha!!! O maestro e compositor Antonio carlos Brasileiro de Ameida Jobim, ou simplesmente o Tom, é uma dádiva do Rio bem evocada no dia do seu santo padroeiro (ontem). Carioca da Tijuca criado em Ipanema, cidadão do mundo, gênio da raça.
Evoé,
steps


By the way, ele aniversariava no dia 25 de janeiro

Elizabeth disse...

Segunda, com São Paulo..E aqui deram o nome do maestro para uma passagem de nivel no centro, vê se pode, Steps.

Anônimo disse...

Delícia.

Parabéns pela escolha.

Inté,
Murilo

Elizabeth disse...

y entrabas y sallias por las cordilleras sin passaporte