terça-feira, julho 28, 2009

Show da realidade

"Telas falam colorido de crianças coloridas,de um gênio televisor.E no ardor de nossos novos santos,o sinal de velhos tempos:morte, morte, morte ao amor!"("Milagre dos Peixes", Milton Nascimento/Fernando Brant)

Celso Lungaretti escreveu um texto sobre acontecimento na California; mãe deu à luz 8 bebês e autorizou sua participação em reality show. A Justiça achou tudo bem.

Aqui outro dia me assustei de verdade com uma "coisa" na Globo, noite de domingo, chamada Jogo Duro, onde as pessoas, para ganhar uns trocados, tacam a mão em aranhas, cobras, cadáveres (!!!!!), telas eletrificadas, e outras coisas inimaginavies!

Parece que foi uma séie de algusn programas.

Gostaria de saber a audiência disso. Nem há como comentar.

Um comentário:

Liu disse...

Quando tinha o antigo Cinerama na av. São João, passou umas séries chamadas "Tabú - mundo proibido" e "Mundo Cão" (título revelador, hein?).

Passeio pelo mundo dos incivilizados praticando atos incivilizados, como comer minhoca, danças "selvagens", ritos tribais... Maior sucesso. Platéia se horrorizando com "os outros". "Ainda bem que nós não somos como eles".

Ninguem nunca perdeu dinheiro apostando na morbidez e no sadismo alheio. O programa Fantástico é mestre nisso (com toda a finesse, claro).

Beijão, Beth.