domingo, abril 19, 2009

Babel de visual novo

A autora do novo layout é minha amiga virtual Nadia Stabile, (oriunda anche) sensibilissima pessoa amante das Artes e mulher de fibra. Obrigada Nadia, ficou lindo! Só falta agora nos conhecermos pessoalmente, e essa internet não é mesmo uma maravilha?

A Torre de Babel é uma pintura a óleo de Pieter Brueghel o Velho. Está exposta no Museu Kunsthistorisches, em Viena.

Pieter Brueghel, "O Velho" (Breda, 1525/1530 — Bruxelas, 9 de setembro de 1569) foi um pintor Flandres, célebre por seus quadros retratando paisagens e cenas do campo.

Suposto auto-retrato (ca. 1565)

Era conhecido como "O Velho" para distinguí-lo de seu filho mais velho, foi o primeiro de uma família de pintores flamengos. Assinou como Brueghel até 1559, depois seus filhos retiraram o "h" do sobrenome. Os outros pintores da família, e que família:

* Pieter Brueghel o jovem (1564-1638)
* Jan Brueghel o velho (1568-1625)
* Jan Brueghel o jovem (1601-1678)


"O Velho", considerado um dos melhores pintores Flandres do século XVI, é o membro mais importante da família. Provavelmente nasceu em Breda, nos Países Baixos, a bela Holanda.

Estudou em Antuérpia com um mestre, mas logo criou um estilo próprio caracterizado pela abundância de colorido. Seus quadros, de costumes na sua maioria, refletem a vida quotidiana da sua época e, ao mesmo tempo, pretendem interpretar a realidade mundial.

Suas obras estão repletas de pequenos pormenores reais e oníricos. O conjunto da sua produção reflete, de modo inevitável, as atribulações de uma época de confusão e de mudanças marcada pelas guerras de religião. Alguma semelhança com a nossa, cinco séculos depois?

É considerado o iniciador da escola flamenga que domina o mundo da pintura européia durante parte do século XVI e no XVII. Entre as suas obras mais importantes, O Triunfo da Morte, A Parábola dos Cegos e A Torre de Babel.

20 comentários:

Liu disse...

Viva Nova Babel inaugurando com Bruegel!!!
Outro digníssimo candidato a inquilino da Torre, vizinho ao velho: Hieronymus Bosch.
Vizinhança maluca e visionária.
Abraço e longa vida à Torre.

Elizabeth disse...

O vizinho é bem lembradissimo, adoro. Obrigada, bjs

Fotografia, Cachaça & Política disse...

Fala Beth. Realmente o Viva Babel está fantástico. Agora temos a soma do conteudo com a plasticidade. Realmente a gente está devendo muito a Nadia. Precisamos marcar um café com ela.
Saludos indígenas e beijos,
Jesus.

Elizabeth disse...

pois não é? vamos ver se a Nadia concorda em aceitar nosso convite, bjs

Nadia Gal Stabile disse...

rsrsss.... olhem!! sabe!? chega uma hora que a MUDANÇA vem!! querendo ou não!!
Eu sou daquelas que sempre quis MUDAR!! aprender com as mudanças!! kkkk.....ainda bem!!afinal somos daquela tal turma ou não!? Agradeço o reconhecimento de meus esforços!! ABRAÇÕES

Elizabeth disse...

Nadia querida, somos dessa turma simmm!
Só que você não aceitou o convite : nem prum cafezinho???

Nadia Gal Stabile disse...

Lorenzotti, detesto café!! kkkkkk
quem dera voltar aos meus 20 e poucos anos e sair pela cidade ...ir onde os pés me levam!! que bom...!!...Mas mudando de assunto...Brueghel este sim conhecia os costumes de seu povo!! heimmmmmmmm!!!?? Bom feriado!

Elizabeth disse...

Stabile, entao tá convidada para um almoço no restaurante italiano que escolher, e com direito a sobremesa.Alias, tem o Roma, aqui no bairro de FHC
kkkkkkkkkkkkkk
com um carrinho de sobremesas
hummmmmmmmmmmmm

Edu Reina disse...

Gostei do novo visual.
Chiquitíssimo.

Nadia Gal Stabile disse...

Elizabeth, que bom que vc e seus amigos gostaram!! sabe que este blog significa várias coisas muito boas!? pois é! coisas novas! primeiro a amizade da gente com muitos outros!! lógico!! depois na parte estética... vc com seu conto sobre Da Vinci!! queria conseguir aquele ar dos desenhos de Da Vinci!! os cabelos ruivos de Leda!... aquele Conto nos inspirou, né? CARAMBA!! vc é uma grande artista!! é...oriundi!! Boteiros!! rsrsssss temos raizes da terra dos grandes desenhadores!! abração
(estamos descobrindo a arte da blogosfera!)

Elizabeth disse...

ah, Leonardo. agora sim, com essa bela moldura sua, logo logo vou postar aqui "Un uommo cosí belo."
qué isso Nadia, assim fico timida.
mas sobre os nossos desenhadores, só os admiro, não desenho nem um gatinho de costas ..kkkkkkkkkk

Nadia Gal Stabile disse...

AHAHAHAH!!! desenhadores são os bons escritores também!!! desenham imagens pra que sonhemos!! imagens etéreas!! que demais ter este dom!!
são imagens que ficam pra sempre na nossa alma!!
os olhos de dentro é que as enxergam!!
(eu tinha corrigido o Da Vinci aí de cima!!e o resto...!)é!! cadê o conto de Da Vinci!!?? ia te perguntar isso!!

Sabe que conversar em blogs é um treco interessante!!? Novos desígnios às conversas!!
estamos redesenhando as conversas!!! rsrssss

jo fevereiro disse...

Vive la différence!
Beth...essa mudança me fez entrar no clima.
Estou até tentado a começar os rabiscos do "Uomo cosí bello". Acho que você terá que esperar um pouco mais pelo livro.
B
Jo!

Elizabeth disse...

tás brincando, nem posso crer!!!!!!rs
bjs

gustavo disse...

nossa, que casa mais linda.
e eu quase tinha perdido meu caminho de casa.
ufa. achei de novo.
parabéns as autoras da peripécia: forma e recheio.
luzete

Elizabeth disse...

inda bem, né Luzete, mãe de Gustavo, benvinda!

Liu disse...

Sabe que quem inventou o avião foi um china?
Leonardo só adaptou, da pipa.
Portanto, tem que ter um china lá na abertura empinando pipa.
Li algo sobre boca-livre em cantina? Festa de re-inauguração visual? Tamos aí!
A gente bate ponto todo dia, finalmente um agrado...

Elizabeth disse...

nem vem que noa tem , os chinas inventaram a pipa, algum china desenhou o aviãozinhoa???
tá bão..
sobre a boca livre, quem disse???
tá convidado, aliás, pode até ser num restaurante chines

Liu disse...

Querida Beth,

Afinal, qual o problema com a sua profissão?

Tá, não xinga!

Elizabeth disse...

nem vou responder...