segunda-feira, março 16, 2009

Os sonhos mais lindos

(Atualizado em 17/3)

Desde sábado ouço Elis. Ontem 16, coloquei essa lindíssima interpretação. Só hoje lembrei/soube que é data de seu aniversário.
Soube também da morte de Clodovil, no mesmo dia do nascimento de sua musa.
Minha mãe gostava muito dele. Eu também. Ríamos demais com ele.
À parte suas opiniões iconoclastas sobre tudo, era um esteta: na agulha, na cozinha, nos arranjos de flores que fazia nas tardes, nas artes em geral, que promovia. E levava artistas brasileiros para se apesentarem ao vivo, coisa rara.
Minha mãe dizia assim:"Tomara que ele não fale mal de ninguém agora, nesse novo programa, pra não ser demitido".
ahahahahahah
Mas ele falava, e dançava sempre.
E a Rede TV e a Bandeirantes que me lembre - ele sempre repetia - deviam $$ a ele. Agora não precisarão pagar.
Não tinha medo de nada, eu o ouvi falar um dia, não tinha medo da morte.
E também disse que a única pessoa que amou na vida foi sua mãe.
Filho adotivo.
Deus guarde Clodovil e Elis.





2 comentários:

silvanete disse...

Pelo menos ele partiu para ficar ao lado da sua musa, Elis Regina, e de seu grande amor, a mãe Isabel. É muito bom ouvir a Elis cantando Fascinação. Um conforto para alma atormentada por todos os meandros da vida. Não se preocupe, pois os processos continuam e, conforme testamento deixado por Clodovil, os ganhos serão repassados para crianças órfãos e carentes.
Espero que este sonho dele se concretize e não se perca pelos escaninhos da vida.

Elizabeth disse...

sim, amiga, é confortador ouvir essa bela interpretação. e nao sabia do testamento dele, tambem espero que o respeitem

beijos