terça-feira, março 28, 2006

Alto Rio Içãna, Amazônia


Pedro Martinelli

Nos anos 70, quando éramos felizes e não sabíamos --mesmo sendo os duros anos 70 --, na sucursal paulista de O Globo, Pedro Martinelli fez a primeira viagem para a Amazônia, atrás dos kranhakarore, o primeiro contato com os índios gigantes. Daí em diante, a gente da Amazônia tornou-se a paixão do Pedrão, um dos maiores fotógrafos deste país, e mais recentemente ele passava metade do ano lá, na civilização, no seu barco, e metade aqui na chamada selva da cidade.
Ele nos mostra a vida na Amazônia, os índios, os caboclos e suas condições de vida, sempre em p&b. Esta foto é de seu livro 'Mulheres da Amazônia", que tem a seguinte legenda: "Cláudia indo para a roça com mãe e filhos- 3 horas de remo rio acima."
Ele reencontrou os índios gigantes 25 anos depois, encurralados pelo garimpo, as madeireiras, a agropecuária...Grande país, que tem tantos bravos equilibristas, como a Cláudia, subindo o rio com a família... Triste país, mergulhado em tanta crise...
Grande país que tem historiadores como o Pedrão, a abrir nossos olhos. É mesmo um privilégio ter trabalhado com ele e ser sua amiga.





3 comentários:

Jo Fevereiro disse...

Triste país babel onde, para além de todos os idiomas nativos, impostos e importados, fala-se várias línguas mesmo em portugês. Belíssima foto do grande Pedrão!

Elizabeth disse...

tem toda razao, Jô, bjs,Beth

andré louzas disse...

Beth,
Em primeiro lugar, parabéns pelo blog.
Achei linda a foto do Pedro. Ainda bem que temos pessoas de grande sensibilidade como ele para registrar fenômenos importantes como as transformações na Amazônia.
Bj.
André